HABITAR: arte postal refletindo as experiências urbanas - MISTURA URBANA

HABITAR: arte postal refletindo as experiências urbanas


Seguindo a metodologia de criação coletiva e colaborativa do projeto Multigraphias, “Habitar” coloca em conexão artistas em uma corrente de criação fora do universo digital. Os produtos finais serão: a reunião de obras e a realização de exposições.

Por que habitar?
O tema central desta ação é a reflexão artística sobre habitar os espaços urbanos. Independente do formato escolhido pelo artista, seu trabalho deverá questionar os formatos contemporâneos da experiência de existir nas cidades.

Como funciona?
É uma espécie de “telefone sem fio” de criação. Os artistas participantes são selecionados por uma curadoria. Eles recebem duas obras, uma delas é um presente e a outra é uma obra que deverá inspirá-lo a criar.

Assim, todos os artistas são presenteados e recebem inspiração para criação. O diálogo entre as obras é livre e os elementos de contato entre elas  são selecionados por cada artista, podendo incluir cores, composições, gênero artístico, elementos gráficos, personagens, etc…

No fim do processo teremos um conjunto de obras todas elas criadas a partir do diálogo.

Criação colaborativa e coletiva
Este processo é uma espécie de manifesto sobre a citação, o compartilhamento de repertório e a criação coletiva. Dialoga também com a arte postal e a introduz no terreno 2.0, atualizando de algumas formas este tipo de construção. Mais do que “copiar” trabalhos, os artistas criarão pontes entre si, como se cada obra do circuito estabelecesse uma série de perguntas que serão respondidas a partir de uma nova criação pelo artista que a recebe.

As obras de arte, portanto, operam como questionadoras e criam, elas mesmas, teorias e objetos poéticos.

Quem participa?

Com curadoria de Gabriela Canale, os diálogos partiram de obras de dois artistas gaúchos. A partir delas, dois grupos de diálogo se formaram.

1. Giuliano Lucas (Porto Alegre) -> Jaime Scatena (Atibaia) -> Jean Sartief (Natal) -> Margareth Miola (Porto Alegre) -> Luciana Franzolin (Londres)
2. Luciano Montanha (Porto Alegre) -> Elaine Pessoa (São Paulo)->Letícia Castilhos (Porto Alegre) -> Moa Freitas (Vitória) ->Helena Ávila (Porto Alegre) ->Ernani Chaves (Porto Alegre)

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *