Itaú Cultural convida - CINEMA DE BORDAS - MISTURA URBANA

Itaú Cultural convida – CINEMA DE BORDAS

Programa JOGO DE IDÉIAS (com gravação ao vivo e aberto ao público) promove debate sobre CINEMA DE BORDAS.

Participam das mesas atores, diretores, críticos e especialistas do gênero. Veja abaixo perfis dos convidados.

O debate abre o ciclo de filmes da IV Edição da Mostra Cinema de Bordas.

No debate haverá exibição de trechos de filmes da mostra.

 

Data: terça, 31 de julho

Horários: 18h30 e 20h, sendo:

– 18h30 debate com a professora, Dra, curadora da mostra Bernardette Lyra e os atores/diretores Kika Oliveira, Dona Oldina, Gisele Ferrane e Mariana Zani.

– 20h debate com o crítico, jornalista e escritor Inácio Araújo e “seo Manoelzinho”, ator e realizador histórico do Cinema de Bordas.


Local:
Itaú Cultural – Av. Paulista, 149 (espaço para 247 lugares). São Paulo/SP.

Entrada franca. Não há inscrição antecipada. Ingressos distribuídos na bilheteria do teatro.

 

Perfis dos convidados

Bernadette Lyra, doutora em cinema pela USP, com pós-doutorado na Université René Descartes, Paris V, Sorbonne. Professora do mestrado em Comunicação na Universidade Anhembi Morumbi. Lyra é uma das curadoras da Mostra Cinema de Bordas.

Inácio Araújo, crítico de cinema do jornal Folha de S.Paulo, autor de dois livros sobre o assunto: “Hitchcock, o Mestra do Medo” e “Cinema, o Mundo em Movimento”. É autor também do romace “Casa de Meninas” (prêmio APCA) entre outros livros.

Kika Oliveira, Dona Oldina, Gisele Ferran, Mariana Zani e “Seu Manoelzinho”, são atores e produtores que há muitos anos realizam o chamado Cinema de Bordas e com muitas histórias para contar.

Mediador dos debates: Claudiney Ferreira – jornalista e gestor do Núcleo Audiovisual e Literatura do Itaú Cultural

Sobre Cinema de Bordas:
(trecho do texto da curadoria do Cinema de Bordas)…Cinema de bordas é o nome de um tipo muito particular e curioso de realização e exibição periféricas de filmes. As produções desse tipo de cinema são feitas quase sempre com baixo orçamento, adotam o estatuto do improviso e da precariedade, além de serem adeptas de uma estética mais ou menos “tosca”, “impura”, “mista” ou “trash”. O conceito do cinema de bordas funciona como um artefato alternativo para essa busca cinematográfica – e vem ocupando cada vez mais lugar nos estudos cinematográficos…

 

IV Edição da Mostra CINEMA DE BORDAS (de 01 a 05 de agosto). Entrada franca.

– sinopses, títulos dos filmes, datas e horários… você pode conferir tudo aqui.

 

Oficina CINEMA DE BORDAS

A IV edição da Mostra também promove uma oficina.

Objetivo da oficina: passar parte da experiência nas etapas de roteiro, pré-produção, captação de imagens e finalização tendo como referência o trabalho feito pela produtora de filmes Recursos Zero Produções (que ministrará a oficina). Como meta, a turma de inscritos deverá concluir o curso com pelo menos um curta. Saiba mais sobre a produtora: http://recursozero.blogspot.com.br/ .

 

Datas da oficina: dias 2, 3 e 4 de agosto. Inscrição gratuita. Vagas: 15 pessoas.

Inscrições: é necessário inscrição antecipada através do tel 11 2168-1779, a partir do dia 25/07, das 10h às 17h.

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *