Exibição gratuita do documentário: Belo Monte, anúncio de uma guerra - MISTURA URBANA

Exibição gratuita do documentário: Belo Monte, anúncio de uma guerra

O Auditório Ibirapuera traz nesse mês, a primeira exibição do documentário: “Belo Monte, Anúncio de uma Guerra”, que narra conflitos relacionados à construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte, em Altamira, Pará. A iniciativa independente se deu dois anos após as filmagens nos arredores do rio Xingu. O projeto foi finalizado com recursos obtidos por meio de crowdfunding. Em 30 dias, mais de 3 mil pessoas colaboraram, o que totalizou a arrecadação de R$ 140 mil reais.

O documentário mostra o lado dos índios, com o apoio das lideranças indígenas, denunciando crimes ocorridos no processo e questionando o custo e a real eficiência da obra, os objetivos, além dos danos ambientais e sociais, e claro, as mudanças nos hábitos da vida naquele local, e o desequilíbrio no ecossistema da região.

O filme tem na direção, André D’Elia e é um projeto independente e coletivo. E você pode assistir a primeira exibição do documentário no dia 17/06, domingo no Auditório Ibirapuera. A sessão é gratuita, e os ingressos poderão ser retirados na bilheteria a partir do dia 14/06.

Projeto independente e coletivo

Sinopse: Belo Monte é uma usina hidrelétrica que o governo pretende instalar no coração da Amazônia, na Volta Grande do Rio Xingu, na cidade de Altamira, Pará. O documentário é um projeto independente e coletivo a respeito dessa obra, filmado durante três expedições à região do Rio Xingu, revelando os bastidores da mais polêmica obra planejada no Brasil, com entrevistas com os principais envolvidos, entre eles lideranças indígenas (como os caciques Raoni e Megaron), o procurador da República (Felício Pontes), o presidente da Funai (Márcio Meira) e políticos locais a favor da construção.

Ficha Técnica:
Direção: André D’Elia
Produção executiva: André D’Elia e Bia Vilela
Direção de produção: André D’Elia, Bia Vilela e Mauro Moreira
Direção de fotografia: Rodrigo Levy Piza e Federico Dueñas
Direção de som: Teo Villa e Diego Depane
Fotografia still: André D’Elia, André Souza, Federico Dueñas, Rodrigo Levy Piza, Mauro Moreira e Thiago Mundano
Desenho de som: Thacio Palanca
Motion grafics: Vital Pasquale
Montagem: Mauro Moreira
Trilha sonora: Beto Villares, Fabio Barros
Assistência de montagem: André Souza
Assistência de câmera: André Souza
Comunicação e marketing: Caio Tendolini, Digo Castello Branco, Daniel Joppert, Thiago Mundano
Grafite: Thiago Mundano
Pôster: Marcos Rodrigues
Consultor de conteúdo: Céu D’Elia
Site: Thais Sogayar
Empresa produtora: Cinedelia
Coprodução: Duca Filmes e Cinepro/dot

 Serviço 
Data: 17 de junho
Horário: Domingo às 19h
Duração: 100 minutos
Ingressos: GRATUITO. Distribuição dos ingressos, a partir do dia 14 de junho, na bilheteria do Auditório Ibirapuera
 Horários da bilheteria

 

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *