Reblog

Sempre encontrei dificuldades em gerenciar minhas referências visuais no ambiente online. As ferramentas disponíveis até um tempo atrás não eram tão intuitivas e o formato tradicional de blog (wordpress, blogspot, multiply e similares) era complexo demais para o simples armazenamento de imagens. O relacionamento entre usuários sempre foi muito limitada, e a lista de seguidores geralmente restrita à minha lista de amigos/conhecidos. O poder de compartilhamento era menor e as ferramentas não tinham essa função de armazenar e compartilhar imagens, exclusivamente.

Por um tempo o Flickr (- Photo Sharing) cumpriu o papel de armazenar tanto as fotos feitas por mim e meus trabalhos quanto as referências encontradas por lá. E o problema era esse: as fotos tinham que estar no Flickr, não chegavam por um outro ambiente, tinham que ser repostadas. A postagem também não era ágil, embora seja um ótimo espaço online pra guardar imagens em boa qualidade, com vários níveis de visibilidade do conteúdo. Tem umas normas rigorosas quando a nudez, drogas e outros assuntos. Conheci um fotógrafo profissional que foi banido – fazia e postava fotos de mulheres nuas.

Armazenar em HD físico, então, nem pensar. Já bastam as minhas fotos e imagens em alta resolução de bancos que guardo para trabalhos. E eu não tenho um Mac pra tornar a busca mais atrativa. Não sou geek, não tenho habilidades e nem disposição pra encontrar os maravilhosos softwares de administração de banco de imagens, se é que eles existem, e nem tenho ninguém pra fazê-lo por mim.

 

Foi quando eu conheci o maravilhoso mundo do Tumblr, rede de compartilhamento (de imagens, áudio, vídeos, citações, conversas) que surgiu em 2007 e possui um acervo de mais de 10 bilhões de posts exclusivos, marca atingida em setembro e comemorada com confetes no painel de controle dos usuários. É fácil de usar: você pode postar a imagem a partir de um arquivo de imagem ou um link de uma imagem, com apenas uma conta o usuário consegue criar vários perfis, com temas diferentes e administrar tudo numa área só. E tem de um tudo. UM TU-DO. É referência que não acaba mais. E não se impressione com os hipsters, carros e unhas da página de destaque, a capacidade de se impressionar com o conteúdo NSFW disponível é muito maior. Há quem diga que é de adolescente fã da Barbie. Mas não é à toa que toda semana aparece um novo #melhortumblrdomundo no Twitter. ;)

Criei alguns “arquivos de imagens” no Tumblr, entre eles:

 

Old Machines: oldmachines.tumblr.com

Sempre gostei de carro antigo e/ou porque meu pai nunca teve carro novo, meu marido – quando era namorado – tinha um DKW, o pai dele teve carro antigo sempre, os avós, idem. A gente casou e manteve a tradição. Vamos em exposições, compramos livros, vemos filmes pelos carros, muitas vezes. Somos da geração de garotos que os pais tiveram fusquinhas como carros da família. Outros interesses apareceram depois: os carros do Leste Europeu, os carros brasileiros, cholos, protótipos antigos, motorhomes, hotrods, roodride.

 

LeiteLírio: leitelirio.tumblr.com

Um espaço dedicado aos devaneios da minha personagem preferida dos quadrinhos: Deleite/Delírio, de Sandman.

 

Closet Tropicália: closettropicalia.tumblr.com

Referências de moda para os próximos dias de sol. Liberdade, androginia, psicodelia, 70′s, brasilidade, roupas, tecidos, formas e texturas que me remetem aos anos mais coloridos de todos.

 

vida modesta e fecunda: vidamodesta.tumblr.com

Ambientes aconchegantes, cores, natureza, simplicidade, sustentabilidade, artes manuais, coexistência. No caminho do bem…

 

Eu passo bastante tempo caçando imagens, curtindo e reblogando nestes e nos outros Tumblrs que eu mantenho, mas as fotos são mais bonitas, inspirativas e criativas que as fotos que se vê nos Facebooks afora… ~risos~ Recomendo substituir 15 minutos de stalk diários por 30 minutos de passeio pelo Tumblr. Pra alguma coisa mais útil vai servir. ;)

Veja também