Monumentos Iugoslavos antigos, porém futuristas - MISTURA URBANA

Monumentos Iugoslavos antigos, porém futuristas

Estas belas estruturas foram contratadas pelo ex-presidente iugoslavo Josip Broz Tito em 1960 e 70 para comemorar os locais onde as batalhas da Segunda Guerra Mundial aconteceram (como Tjentište, Kozara e Kadinja?a), ou onde os campos de concentração estavam situados (como Jasenovac e NIS).

Vários escultores diferentes foram responsáveis pela obra, como Dušan Džamonja, Vojin Baki?, Miodrag Zivkovic, Jordânia e Iskra Grabul e também arquitetos, como Bogdan Bogdanovi? e Gradimir Medakovi?.

Os monumentos pretendiam transmitir um impacto visual poderoso para mostrar a confiança e força de República Socialista. Na década de 1980, viraram atração turística e milhões de visitantes apareciam por ano ao local. Depois que a República foi dissolvida e separada em 1990, o que hoje compreende países como a Croácia, Sérvia, Eslovênia, Bósnia e Herzegovina entre outros, eles ficaram em total abandono, e seus significados simbólicos foram perdidos, deixando somente a beleza marcante das obras como arte, em ruínas.

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *