Exposição Das diferenças que coexistem - MISTURA URBANA

Exposição Das diferenças que coexistem


Central Galeria de Arte Contemporânea abre coletiva com artistas do Canadá no dia 28 de junho

Com pinturas, desenhos e fotografia, feitos pelos artistas Jamie Bizness, Kevin House, Paulo Costa e Rylsee, a Central Galeria de Arte Contemporânea exibe, a partir de 28 de junho, a mostra Das diferenças que coexistem.

A coletiva reúne diversos trabalhos destes artistas, que atuam fora do circuito tradicional de arte, e cujas influências vão da arte urbana e do grafite à arte experimental, com elementos do pop e retrô. Oriundos de diversas partes do mundo, eles moram em Vancouver e trabalham em um squat chamado Red Gate, um antigo prédio no centro da cidade canadense que foi tomado por artistas tornando-se como que um centro cultural do underground. Lá desenvolvem seus trabalhos, compartilham projetos e ideias, influenciam-se mutuamente e também defendem o seu espaço físico frente à constante ameaça de desapropriação do Red Gate.

Rylsee e Jamie trabalham de forma colaborativa. Com grande referência das artes psicodélica e pop, a dupla experimenta e improvisa durante a execução dos seus desenhos, mesclando suas habilidades individuais. Adotaram um procedimento em que os dois artistas mudam a posição da imagem e revezam a autoria a cada 15 minutos. O resultado são obras com uma nova identidade, que agregam novas combinações complementares.

Além dos desenhos da dupla, a mostra irá exibir obras de Kevin House, que trabalha com uma grande variedade de meios como a pintura, a colagem, a escultura, a escrita e a música. Também participa da exposição o fotógrafo e produtor de vídeo Paulo Costa, brasileiro que leva uma de suas fotografias tirada com máquina pinhole. Nos anos recentes, Paulo também desenvolveu instalações, esculturas e documentários.

A diferença na composição dos trabalhos e nas técnicas utilizadas, no entanto, não impede que os artistas que compõem a mostra encontrem semelhanças em suas bagagens individuais. O grupo encontra no convívio social, na vida diária e nas experiências pessoais as influências e experiências mais significativas para sua arte. De acordo com Paulo Costa, o importante do Red Gate é ser um centro artístico no qual idéias conflitantes possam gerar novas propostas que coexistam no mesmo lugar – o que acaba refletindo e alimentando o resultado de novos trabalhos.

Assim, a mostra Das diferenças que coexistem trata das similaridades não vistas. Artistas que divergem tanto na nacionalidade como na proposta de trabalho, mas que em conjunto representam uma similaridade quase invisível.

 

Exposição Das diferenças que coexistem

Jamie Bizness, Kevin House, Paulo Costa e Rylsee

Período: de 29 de junho a 23 de julho de 2011.

Coquetel de abertura: dia 28 de junho.

Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 11h às 19; sábados, das 11h às 18h.

Endereço: Central Galeria de Arte Contemporânea, Avenida Rebouças, 1.545 (esquina com a Rua João Moura, entrada pela Avenida Rebouças), tel. 2613 0575, São Paulo.

www.centralgaleriadearte.com | [email protected]

 

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *