Deutsch Film in Sao Paulo - MISTURA URBANA

Deutsch Film in Sao Paulo

Anteriormente escrevi sobre a “Nouvelle Vague”, o cinema francês, mas não poderia deixar de mencionar minha paixão pelo cinema alemão. De Murnau, que fez sua bela adaptação de “Fausto” de Goethe e Fritz Lang, aos mais recentes Werner Herzog Wolgang Becker, o cinema alemão é fortemente marcado por uma influência das tendências artísticas e vanguardas plásticas. Na Alemanha, o governo nazista privou o cinema alemão de todas as suas conquistas anteriores. A idéia de um “revolução nacional” não chegou a inspirar nenhuma obra cinematográfica, como também, sob a ditadura, qualquer formulação crítica, mesmo no domínio meramente publicitário do cinema, era de todo impossível. Já no final do século passado, a mídia despertou o interesse do público para o cinema alemão de um sono hibernal com o filme Corra Lola, Corra, de Tom Tykwer (1998).


Novamente, os olhos estrangeiro se voltaram novamente para o cinema da Alemanha, que festejava os sucessos internacionais: um Oscar para “Sem Lugar na África” de Caroline Link (2002) um Urso de Ouro na Berlinale para “Contra Parede”, de Fatih Akin (2004). Velhos mestres como Wim Wenders, Volker Schlöndorff e Werner Herzog continuam ativos, mas são outros que causam furor. E o empulso vem de um gênero de filme que não gozaca de boa fama no cinema alemão: a comédia. A tragicomédia “Adeus, Lênin! de Wolfgang Becker (2003) fez sucesso em quase 70 países porque falava também do malogro do socialismo. A comédia “Edukators” de Hans Weingartner (2004), apresenta de forma radical temas da antiglobalização. As comédias alemãs fazem sucesso porque suas histórias nacionais tratam também de temas universais. No entanto, os cineastas conseguem o material de suas histórias filtrando os desenvolvimento e as transformações que acontecem dentro do próprio país.

E o que é mais legal de tudo, é que na Alemanha há muitas mostras de curtas também. Quando estive em Berlim agora em janeiro, fiquei impressionada com a quantidade de eventos promovendo e divulgando curta metragens de filmes fantásticos em clubes e ás vezes até museus abandonados para essas mostras muitas vezes gratuitas de cinema. E hoje, dia 4 de maio, quarta-feira, o Ciclo de Cinema Alemão Contemporâneo – cuja primeira temporada ocorreu no primeiro bimestre deste ano, retoma a exibição gratuita de filmes alemães (com direito a pipoca). Os longas serão projetados no Club Transatlântico, na zona oeste de São Paulo.

Na segunda etapa da mostra, serão exibidos filmes premiados, como “Do outro Lado”, do diretor Fatih Akin. O longa foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Outros filmes, que serão exibidos sempre às quartas-feiras são “A esposa do Pescador”, “Whiskey com Vodka”, “Conexão Kebab”, e “A Cabeleireira – Lavar, Cortar, Sorrir!”, inéditos no circuito comercial.

Eis a programação:

4/5: “Do Outro Lado”, de Fatih Akin
11/5: “Whisky com Vodka”, de Andreas Dresen
18/5: “Conexão Kebab”, de Anno Saul
25/5: “A Cabeleireira – Lavar, Cortar, Sorrir!”, de Doris Dörrie

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *