Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 75

Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 75

Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 76
Ao invés de dar esmola no mundo real, seja patrocinador digital - MISTURA URBANA

Ao invés de dar esmola no mundo real, seja patrocinador digital

Pedintes em paises subdesenvolvidos são um grande problema social. E sabe por que eles estão sempre lá? Porque sempre tem alguém que dá esmola. E se ao invés de dar esmola por aí você convertesse esse dinheiro em moeda digital e patrocinasse os artistas que você mais gosta? Isso é o que promete um novo site chamado FLATTR.

O FLATTR (micropagamentos sociais) nasceu na Suécia e o conceito é você doar dinheiro divido por um número de pessoas que quiser através de uma só plataforma. E dessa forma, com muitos patrocinadores o volume final pode servir como uma fonte de renda para o prestador de servicos.

Qualquer um pode se inscrever para receber e para doar. Por esse motivo muitos artistas, músicos, produtores de filmes, blogueiros, fotografos entre outros estão se cadastrando nesse sistema para serem patrocinados pelos fãs que as vezes preferem contribuir com um valor diferente para prestigiar seus trabalhos ao invés de pagar um valor determinado.

É super simples e rápido se cadastrar e fazer as transacões. O número de usuários está aumentando rapidamente. Agora ao invés de dar esmola por aí, guarde as moedinhas e seja patrocinador de boas idéias.

Comments

comments

4 Comentários

Junte-se a conversa →

  1. Beemm legal Rika ;))

    Jorge Patrocinio / Responder
  2. Vou me cadastrar… quem sabe não tenho alguma ideia patrocinada pelos demais?!?!?!

    Matheus / Responder
  3. é verdade, se vc pensar bem com a queda da industria fonografica essa é uma das poucas alternativas para promover a arte. Os musicos hoje em dia produzem um produto (musica) de valor financeiro zero (visto que ninguém compra, a maior parte baixa os torrents gratis) logo a saida é pedir doacao mesmo.

    (desculpem a falta de acentos, meu teclado é estrangeiro)

    Ash R. / Responder
  4. Jorgeta, tá aí uma nova forma de contribuicao para a arte.

    Matheusinnn, é isso ae leke, vamos por a criatividade em prática.

    Ash, vc tá certíssimo cara. Infelizmente as pessoas nao tem um senso de pagamento por diversos tipos de trabalhos artísticos como a música que está facilmente acessível. Mas ninguém se coloca no lugar pensando se trabalharia sem ser pago no final do mês, por exemplo. A partir do momento que as pessoas comecarem a se conscientizar que pagar faz parte de prestigiar o trabalho dos outros, as coisas mudarao. Enquanto isso, continuaremos na batalha.

    (Meu teclado tb é uma inhaca estrageira… hahaha)

    Ri-Ka! / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *