Uma coisa leva a outra - MISTURA URBANA

Uma coisa leva a outra

Faz muito tempo que não escrevo no Mistura Urbana. Ando bem ocupada em outros projetos e acabo não conseguindo tempo pra fazer um post bacana.

Acontece que hoje eu acordei mais cedo e enquanto tomo um suco, vejo meus e-mails e brinco com as minhas cachorras (!), coloco uma música no youtube:

[Deerhoof. Essa banda é absurda. Conheci pelo meu marido que deve ter ouvido em alguma rádio online, provavelmente a KEXP ou WLUW, duas rádios muito boas, recomendo. Baixamos um monte de coisa e agora queremos comprar o disco de vinil, que é barato e ainda tem opção de cor: black or pink.]

Essa música aí em cima falando de cachorro, Dolores e Greta ensandecidas na sala, eu de cabelo pra cima sem nem ter me vestido ainda, lembro do tio Iggy – que também gosta de bagunça e de ficar pelado – e os Stooges com “I wanna be your dog” – que acho uma música completamente tesuda, sujona como deveria ser. Em looping. Stay the tip.

E também carrego no youtube, que me sugeriu:

Taí, gosto de covers, gosto de Sonic Youth.  Ontem mesmo estava pensando que as vezes é legal ouvir um cover bom e curtir uma música já adorada de um jeito diferente. Eu escuto a mesma música/ disco repetidas vezes, dar uma pseudo diversificada ajuda a não pegar uma canseira.

Daí que, como eu digo no twitter, vejo no cantinho da tela a miniatura do vídeo de um outro cover feito pelo Sonic Youth, que no momento é o melhor dos covers da minha lista “meus covers mais preferidos”. Pode ser que eu mude de idéia, porque sagitariano tem essas coisas de sentir de verdade, intensamente e pra sempre, nem que for só por um segundo. (e essa sou eu, mais uma vez, usando a atrologia a meu favor.)

Gosto de Carpenters. Acho lindo. Sendo piegas, lembro de cantar com o marido a versão original dessa música no karaokê e fico lacrimejando emocionadinha. Ui. Haha.

Então eu lembro que estou atrasada, que a essa altura eu já deveria estar pronta, a espera de um ônibus que vai atravessar todo esse Tatuapé, que num trajeto normal levaria cinco minutos de carro masssss como todas as pessoas, de todos os prédios novos que são inaugurados a cada dia, tem essa mesma idéia, demoro quase meia hora.

No fim das contas esse é mais um motivo para eu querer sair desse bairro. E neste momento eu começo divagar outro assunto. E uma coisa leva à outra.

(os vídeos não carregaram aqui, tento consertar mais tarde.)

Comments

comments

1 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *