E por falar em Photoshop... - MISTURA URBANA

E por falar em Photoshop…

Se espantar ou não com o Photoshop?! Ser vítima dele?! Madonna deve usa-lo?! É normal (agradável) ser escravo deste item?! Pra que serve?! Vende na farmácia (risos)?!

São perguntas e mais perguntas… Mas, sabe de uma coisa?! Não sou contra nem a favor de usarem a bendita ferramenta. Pra mim, particularmente, o Photoshop pode ser definido em duas palavras – exagero e banalização.

Hoje qualquer UM, pode se “beneficiar” com este santo milagroso. Se todas as pessoas o usassem com moderação, sem problema nenhum… O exagero espanta, e muita gente pensa que é bonito ser feio. Essa busca pela “perfeição alfa” acaba se tornando, paranóia!

Porque mudar a cor do seu olho que é castanho para azul? Eu não vejo necessidade – algo tão banal, superficial… A cor do olho não vai te deixar mais bonito (a). Viveu-se anos e anos sem esta ferramenta, qual o problema de usa-lo com moderação? É simples, fica a dica!

Colocar efeitos em uma propaganda publicitária ou algo do gênero, é bem vindo. Pessoas de 50 anos querem ficar com corpo de 25, e ou, um de 100 quilos quer ter barriga de tanquinho… vários são os exemplos.

“SE FOR EXAGERAR NÃO USE, MAS SE USAR, MODERE!”

Comments

comments

10 Comentários

Junte-se a conversa →

  1. Bom, eu sou uma das pessoas que não posso reclamar dessa ferramenta, pois nos últimos 10 anos foi ela quem ajudou eu ganhar o pão de cada dia.

    Toda tecnologia pode ser usada para um bol ou mal uso, isso sempre vai depender de pessoa para pessoa… No caso do Photoshop tem as que sustentam sua egotrip alterando suas próprias fotos tentando chegar na sua utopia de corpo perfeito e tem os que usam para diagramar um layout com apenas gráficos, fazer uma ilustração, ou até mesmo alterar uma foto para criar um efeito desejado com um fim artistico.

    Aliás, o layout desse site foi feito em photoshop!!!

    Tks Photoshop ;)))

    Jorge / Responder
  2. Jorge, não sei se ficou bem claro, mas na maioria das vezes me referia a PESSOAS!
    O Photoshop é sim uma ótima ferramenta, se souber-mos usa-la.

    Viva ao Photoshop, “fuck” pessoas que usam dele como meio de tentar se adquirir a perfeição, Fail.

    Alberto / Responder
  3. curto o photoshop para fins artiscos, mas para pessoas inseguras eu acho meio deprimente se bem que cada caso é um caso. Se vendem perfeição é pq tem alguem para comprar.

    Andreia Magalhaes / Responder
  4. Claro… tem as pessoas que viajam com isso…
    mas como a Andreia falou, tem quem compra e acretida nesse tipo de coisa.

    Eu li em algum site faz um tempo que estavam debatendo sobre uma lei para toda foto de produto ou revista que tiver tratamento, vir com um selo dizendo que teve alteração. Isso ajudaria a diminuir a obsessão pelo corpo perfeito, que muitas vezes nem é a verdade o que está a mostra :))

    Mas vale dizer que o problema nunca foi a ferramenta, e sim as pessoas neuróticas do mundo atual.

    Jorge / Responder
  5. Mas essa perfeição, eu sou muito contra!

    Alberto / Responder
  6. O Photoshop rendeu… hein?!

    Alberto / Responder
  7. se esse selo de advertência rolar msm os psicologos vão ter que dar plantão em bancas de jornal pq mt gente vai se sentir sem rumo…hahahaha

    Andreia Magalhaes / Responder
  8. Andreia, com certeza isso nunca vai existir!

    Alberto / Responder
  9. Por falar em photoshop… me lembrei do Orkut!!!

    suliana / Responder
  10. kkkkkkkkkkkk… Com certeza, isso nunca vai existir mesmo!!!

    Jorge / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *