Transfer - MISTURA URBANA

Transfer

Já tem planos pro seu domingo?

Com mais de 300 obras de artistas brasileiros americanos inspirados pelo espírito Do It Yourself (faça você mesmo), a exposição TRANSFER, que começa 18 de julho, explora o universo a arte urbana, que até pouco tempo era pouco reconhecida no Brasil.

A mostra já ocorreu em Porto Alegre em 2008, com um formato um pouco menor. Em São Paulo ela ganhou proporções maiores e é uma parceria do Santander Cultural com a Secretaria de Cultura da Cidade de São Paulo. Ela acontecerá no recém inaugurado Pavilhão das Culturas Brasileiras, que será tomado pelas mais diversas manifestações de arte, que vão desde pinturas, desenhos e fotografias, a músicas, vídeos, performances de skate e até intervenções urbanas como uma obra de arquitetura “skatável”. As obras serão divididas em 4 eixos: Intervencionistas, Mauditos, Autoindicados e Beautiful Losers.

Dirt Money é exibibo na Cinemateca

Pjota na Choque Cultural

Nike Sportswear 21 Mercer

Para o skatista e fotógrafo Alexandre Vianna, que vai expor no eixo Intervencionistas, a mostra acontecer em São Paulo é incrível: “em Porto Alegre ela já tinha sido um sucesso e em São Paulo é uma ampliação, que possibilita que mais pessoas estejam junto. É uma oportunidade de crescimento. É um momento legal.”

A exposição tem mais de 100 artistas, como Titi Freak, OSGEMEOS, Nunca, Speto, Stephan Doistchinoff e muitos outros. Ela é gratuita e fica em cartaz até 12 de setembro.

Quando: de 18 de julho a 12 de setembro de 2010. De terça a domingo, das 9h às 18h
Onde: Pavilhão Das Culturas Brasileiras: Parque Ibirapuera, Rua Pedro Alvares Cabral, s/nº
Entrada gratuita.

Mais infos:
http://www.facebook.com/transferbr

http://www.flickr.com/photos/transferbr

http://twitter.com/transferbr

http://www.transferexhibit.com/

Via


Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *