Entendendo Banksy.. se possível - MISTURA URBANA

Entendendo Banksy.. se possível

Banksy é provavelmente o mais popular e misterioso artista urbano em todo o mundo – e ele trabalha em extremos incríveis. Ele se tornou internacionalmente conhecido como um artista de graffiti subversivo – e mesmo assim ainda consegue manter uma identidade secreta. Ele é um brincalhão da contra-cultura, mas tem obras expostas nas principais galerias de arte cosmopolita em torno do globo. O trabalho de Banksy foi vendido a celebridades de Hollywood por mais de meio milhão de dólares por peça, mas grande parte de sua arte subersiva é elaborada livremente (e ilegalmente)  em locais públicos.

Ele trabalha contra a mídia de massa, mas tem sido destaque a nível local, nacional e internacional.  Um geek de coração, mas ao mesmo tempo, sua arte está sempre na vanguarda. Os 7 exemplos que estão por vir ilustram a gama fascinante da vida e trabalhos de Banksy através de seus mais polêmicos e atraentes projetos.

Banksy nas ruas: Banksy é um nome muito conhecido no Reino Unido, talvez mais conhecido por seu stencil graffiti, encontrado em todas as paredes e outdoors das maiores cidades grandes. Ele evita a abstração de marcas tradicionais, ao invés disso cria (muitas vezes de uma forma foto-realista) imagens de arte urbana que respondem a um determinado contexto e contem algum tipo de comentário social. Naturalmente, todos estes são trabalhos dele são altamente ilegais, que é parte da razão pelo qual Banksy esconde sua identidade.

Banksy em museus: Banksy tornou-se uma figura internacionalmente conhecida quando secretamente adicionou suas próprias obras nas paredes de museus importantes, tanto no Reino Unido como nos E.U.A. Ele conseguiu passar desapercebido e instalar dentro do Museu Britânico uma pintura rupestre pré-histórica falsa. Esta peça passou despercebida por vários dias, e mais tarde foi acrescentada à coleção permanente do museu! Banksy fez o mesmo com trabalhos subversivos e satíricos em mais quatro grandes museus de Nova York – dois destes quatro trabalhos permanecem no local até hoje.

Banksy na Cisjordânia: Enfrentando ameaças e até mesmo tiros de aviso por parte das forças de segurança israelenses, o artista conseguiu fazer uma declaração através de seus trabalhos sobre a barreira da Cisjordânia. As reações foram mistas sobre suas contribuições para a parede, mas a cobertura da mídia sem dúvida levantou uma atenção global. Este tipo de trabalho mostra o desenvolvimento de Banksy de um subversivo local para um artista com uma agenda política global, que lembra os murais políticos incríveis de Belfast, Irlanda do Norte.

Banksy + Paris Hilton: Apesar da gravidade de alguns de seus trabalhos, o artista nunca fingiu ser um santo na hora de usufruir de ícones da cultura pop em seus trabalhos. Em uma de suas sacanagens mais famosas, Banksy substituiu 500 cópias de um CD de Paris Hilton com seus próprios remixes e arte da capa.  Talvez ainda mais surpreendente: foi relatado que ninguém que comprou acidentalmente versão de Banksy do CD o devolveu. A fama de Banksy cresceu e ele se virou para assuntos que mais chamam a atenção, como relações internacionais e ícones pop.

Banksy à Venda: Obras do sorrateiro Banksy já foram vendidas por mais de 500.000 dólares. Entre seus fãs estão fodões de Hollywood como Brad Pitt, Angelina Jolie, Keanu Reeves e Christina Aguilera. Uma família em Bristol – cidade natal de Banksy – que tinha um mural pintado por Banksy na lateral da casa, aprecia tanto as obras dele que ao por sua casa a venda procuraram somente por compradores que se comprometiam a preservar a arte após a compra.

Banksy furtado: Infelizmente, com a fama, Banksy passou a ter um preço para curadores e comunidades que têm o prazer de desfrutar de seu trabalho. Obras populares já foram roubadas tanto de museus como da paisagem urbana, para serem vendidas. O primeiro é de se esperar, talvez, mas o último é um verdadeiro golpe para as comunidades que conhecem e apreciam as contribuições de Banksy para seu bairro.

Banksy de graça: No site de Banksy, as imagens dos seus trabalhos são “vendidas de graça” e ele incentiva com humor os “compradores” de imprimi-los “em papel fotográfico usando a tinta da impressora da empresa quando todo mundo está na hora do almoço.” No entanto, as obras mencionadas e mostradas aqui e no site dele são apenas uma fração de suas contribuições.

Para saber mais sobre Banksy:

site oficial

vídeo do youtube sobre os mistérios em torno de Banksy

——————————

[fonte]

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *